26.3.11

Nas minhas deambulações pelo pátio, ouvi esta

Humanóides, no vosso lugar eu começava a preocupar-me a sério. Isto só quer dizer uma coisa: o buraco é maior do que se diz.

Como li algures por aí, o filósofo-que-não-o-é enquanto teve máquinas, cavou, cavou, cavou, cavou… agora que lhas querem penhorar, deu-vos pás e que cavem vocês.

É a vida!


Aditamento: gostei desta do "filósofo-que-não-o-é" da Maciel. E digo isto para que não me caia um processo em cima por plágio.

2 comentários:

caminhante disse...

esta notícia deixou-me com comichão... isto não pode ser bom. não pode ser nada bom...

Circe disse...

Caminhante, para as comichões nada como uma pipeta antiparasitas (não adianto nomes porque não me pagam para fazer publicidade). Mas com vocês, humanóides, se calhar é melhor uma boa varridela a quem as causa, não?

Garras neles, pá!


Fui até ao teu telhado. Gostei, é limpo e arejado. Já agora, dietas? Para quê, para ficares como as gajas que mais parecem um cabide com pernas?

Humanóide, a felicidade é o que queremos fazer dela, não o que os outros dizem ser.